A falta de inspiração e os brancos da vida

Depois de muito o que pensar para finalmente estrear esse espaço (afinal foram 3 meses enrolando). Eis que… Estou sem idéia nenhuma?!

Pois é, nenhuma luz de pensamento, nem um filete de inspiração.
Sem saída, sendo que venho postergando isso faz tempo, resolvi escrever sobre exatamente isso… A falta de inspiração.

Quantas vezes já nos pegamos tentando criar algo e, por mais que tentasse, não vinha nada. Dá até para citar alguns, ou melhor, vários exemplos.

Como quando na longínqua 4ª série, a tia (nem lembro se já podia chamar de professora) pedia para aquela redação sobre a sua rua, ou a sua família, ou, o clichêzão supremo das escolas, a redação de férias. Obviamente você imaginava “moleza”, mas na hora H… Nada… Nem um tantinho de lembrança.

O terrível é que isso pode acontecer anos mais tarde e em situações que não há para onde correr. Naquele concorrido vestibular que há 100 candidatos por vaga (não se preocupe 80% deve estar na mesma situação que você). Na hora de fazer aquele relatório que pode te promover ou rebaixar na empresa (aí é contigo, e se não vier nada… Reze).

Há outras situações em que a falta de inspiração (tem outro nome, mas também não lembro) atinge o ser humano de tal forma, que o momento, ou a falta dele, pode mudar os rumos de sua existência.

Outro exemplo, ora, na hora de se declarar para a pessoa amada, mentalmente você já decorou de cor e salteado o que deve ser dito e o que tem que ser feito. Mas no cara a cara… Branco!!! Aí camarada, torce para ela ser compreensiva, senão, pensa na próxima…

Breve pausa
Ok, eu sei que mudei o assunto, estava escrevendo sobre a falta de inspiração, mas deu branco!!! Então resolvi falar desse assunto também. O espaço é meu e faço o que quiser. Segue o texto.

Numa apresentação, por exemplo, atores são profissionais, dão com aquilo direto e, mesmo assim, tem seus momentos de “branco” e “falta de inspiração” (pronto ta de volta). Quantas vezes não vimos, ao vivo ou mesmo no final de séries e filmes, nos erros de gravação, os atores errando porque esqueceram o texto e depois dando risada, mais para disfarçar mesmo.

Então não condene àqueles que se esquecem e também estão desesperados (fusão da preposição des+inspirados) para fazer ou criar algo.
Abraços a todos.
Fui

PS: Olhando bem, não ficou grande coisa, mas vou melhorando… Se tiver inspiração e não der branco. Claro