Blogagem Coletiva para o Consumo Consciente

A Sam Shiraishi me convidou para uma blogagem coletiva com o tema sobre Consumo Consciente.

Confesso que fiquei lisonjeado com o convite, ainda mais em tempos de falta de ânimo para escrever e atualizar o blog, ganhando um motivo para falar sobre uma coisa bacana.

Infelizmente, estouraram uns pepinos para resolver (vai 2008, vai para o inferno logo) e acabei atrasando o post, achando até que não teria tempo para fazer o texto.

Como promessa é dívida, cá estou eu para falar sobre Consumo Consciente e Desenvolvimento Sustentável, um assunto que, reconheço, não domino, mas que vou tentar espairecer o que acho, com pitacos, no mínimo, relevantes.

Continue reading

J. Rafael é o vencedor do Bolão do Brasileiro 2008

Desculpe a demora para postar isso aqui, mas como fiquei a semana inteira fora e, ontem, tive problemas com teclas que não deveriam existir no teclado (a desligar, por exemplo) acabei demorando mais do que gostaria para publicar o resultado final do Bolão do Brasileiro 2008.

Com 988 pontos, João Rafael é o grande campeão do Bolão, recebendo como prêmio uma camisa oficial do Sport Club Corinthians Paulista (argh). Lembrando que J. Rafael, como é conhecido no Bolão, já havia levado o livro Corinthians: É Preto no Branco, como vencedor do primeiro turno.

Em segundo lugar ficou Prisila Mion, que chegou a brigar cabeça com cabeça com Rafael, perdendo fôlego na reta final (acho que foi preocupação com os patinhos hehe) como prêmio de consolação, vai ganhar o livro Palmeiras: Um Caso de Amor (argh²), do Mário Prata, por ter ficado em segundo lugar no segundo turno (quanto segundo, parece o Vasco).

Aos outros participantes, agradeço mais uma vez por estes meses juntos prestigiando a brincadeira, se não fosse por alguns percalços, como esquecer alguns palpites, acho que Cido, Alan e Fernando teriam brigado pelo título.

Já os Thiagos sofreram por ter entrado depois (embora o Thiago Reis tenha ficado num honroso quinto lugar, já pensou se estivesse participando desde o começo), enquanto o Xanhenha apostava rodada sim, rodada não.

Os únicos que não tem desculpa para a classificação final somos nós, Frank e eu, já que não perdemos uma rodada e ficamos bem distantes de lutar por qualquer coisa.

Enfim, parabéns ao Rafa, à Pri e obrigado a todos que participaram, espero contar com todos no ano que vem.

E, se liguem, que em breve o Frank manda a tabela do Paulistão (sorry Alan hehe).

Segue a classificação final, se alguém não recebeu a tabela completa, é só me pedir que envio.

Ps: Prisila, me envia seu endereço por e-mail com CEP para mandar o livro. O Rafael, como mora em Guarujá, irá receber a camisa em casa das minhas próprias mãos, com direito à fotinha para registrar o momento feliz do pobre corintiano.

SÃO PAULO HEXACAMPEÃO!!!

Pessoal, estou bêbado demais para falar ou analisar qualquer coisa.

Ganhamos o título mais gostoso da era dos pontos corridos, depois de falarem que iria para o Sul, para MG, para a Barra Funda e até para aquele estado que já tem 3 times rebaixados, dos ditos grandes.

Enfim, é HEXA, TRI, é TUDO, o São Paulo FC é o maior do Brasil, da América e do Mundo!!!

Esse time me deixa louco, me atormenta e me faz gostar de futebol como nunca gostei nessa vida.

Enfim, a imagem abaixo, que peguei emprestada do blog do RicaPerrone, mostra tudo.

Amanhã respondo os comentários e divulgo (acho) o campeão do Bolão.

Agora só quero festa.

Bolão do Brasileiro 2008 – Palpites da 38ª Rodada e agradecimentos especiais

E chegamos à reta final do Bolão e, lógico, do campeonato mais disputado de todos os tempos.

A série B já acabou e agora resta saber quem vai ficar com a taça do que realmente interessa, o Campeonato Brasileiro da série A.

Todo mundo já sabe sobre minha triste frustração na semana passada, agora, estou num estado que não sei bem dizer o que é, mas é algo, digamos, catatônico, um estado que vai da indiferença, passando pela euforia, à preocupação em questão de segundos.

Enfim, tensão pura.

Voltando ao Bolão, todo mundo já sabe o que aconteceu com o PC do Frank, nosso auditor e co-realizador do evento, espero que até segunda esteja tudo pronto, já que gostaria de anunciar o vencedor nesse dia (e também comprar logo essa porcaria de camisa, tendo em vista que poderá ser um manto/pano de chão bem desagradável, seja alvinegro ou verde).

Desde já, agradeço a todos pela participação e por transformarem o que era uma brincadeira entre amigos em um negócio mais ou menos sério.

Lamento ter deixado meio de lado, principalmente nos últimos dias, mas quem acompanha o Lua sabe que estou passando por uma situação complicada, nada que interfira no Bolão, mas que me obriga a deixar tudo, inclusive o blog, meio de lado.

Enfim, agradecimentos especiais:

Continue reading

Frustração e festa adiada

Tinha tudo para ser histórico. Clima de festa, ambiente favorável, daqueles dias que você iria lembrar para sempre e que iria contar para filhos, netos, bisnetos e, depois de uma pausa, dizer olhando nos olhos deles:

– Aquele dia foi foda!

Mas, como diria Garrincha, esqueceram de combinar com os russos, no caso, o time do Fluminense.

Ou melhor, esqueceram de jogar futebol.


Uma imagem vale mais que mil palavras

Do que adiantou a epopéia para comprar os ingressos? Ou a longa caminhada para chegar até o Cícero Pompeu de Toledo?

Só não foi pior porque não perderam, mas a expressão de quase 70 mil pessoas com cara de bunda não condiz com a festa que fizemos na arquibancada.

Infelizmente não será dessa vez que verei um título ao vivo e a cores de meu time de coração, mas, a partir de agora (ou melhor, de domingo), serei uma pessoa mais presente nos estádios e tentarei dar meu apoio sempre que puder. Do mesmo jeito que cobrarei.


Só restou ir embora com cara de bunda

Torço para domingo, contra o Goiás, com o ingresso mais caro de todos os tempos, tudo dar certo e o caneco vir pela sexta vez, mas confesso que estou com o pé atrás…

Acho que dá, mas, por favor São Paulo, tenta ser campeão com a sua torcida presente.