Agora vai, até passar!

São Paulo, 07 de julho de 2010.

Neste dia dei a largada daquilo que acho que já prometi várias vezes, mas não cumpri, que é finalmente me preparar, prestar e passar em algum concurso público.

Sinceramente, cansei de não ter estabilidade, ficar até tarde e não ter reconhecimento, depender da vontade alheia/política para ter aumento e, mesmo me matando, saber que não terei uma aposentadoria decente no futuro.

Confesso que o dia não foi lá muito produtivo, afinal, gastei a noite só para ler o edital. Estudar que é bom, necas. Mas, ao contrário das outras vezes, inclusive na época em que fiz um curso para tentar ser PF, acredito mais em mim e, espero, conseguirei superar a minha maior inimiga, que é a preguiça. Nem o cansaço e algumas outras distrações são piores do que ela.

Ainda preciso de algum norte que, aliás, se alguém com experiência nisso puder ajudar, já agradeço, mas o que interessa, que é começar, já comecei.

Como acredito que preciso de um prazo, me dei dois anos para já estar empregado em algum lugar e, para cumprir esse prazo, de terça à sexta, à noite, e sábado, quase o dia inteiro, deixarei de lado, com algumas exceções, a vida como a conheço atualmente. Com folga nos domingos (e alguns feriados) para descansar, que ninguém é de ferro.

Enfim, torçam por mim e, caso vejam eu fraquejar, me cobrem essa promessa.