Blogagem Coletiva para o Consumo Consciente

A Sam Shiraishi me convidou para uma blogagem coletiva com o tema sobre Consumo Consciente.

Confesso que fiquei lisonjeado com o convite, ainda mais em tempos de falta de ânimo para escrever e atualizar o blog, ganhando um motivo para falar sobre uma coisa bacana.

Infelizmente, estouraram uns pepinos para resolver (vai 2008, vai para o inferno logo) e acabei atrasando o post, achando até que não teria tempo para fazer o texto.

Como promessa é dívida, cá estou eu para falar sobre Consumo Consciente e Desenvolvimento Sustentável, um assunto que, reconheço, não domino, mas que vou tentar espairecer o que acho, com pitacos, no mínimo, relevantes.

Continue reading

Cinco coisas que faria com 50 mil reais (mais uma especial)

Às vezes me dá preguiça de responder Memes, mas há alguns interessantes e os dois últimos, propostos pelo Digo Reis, foram daqueles que me deu vontade de responder.

Confesso que, na primeira vez que vi, pensei que era algum viral disfarçado (provavelmente no original é), mas vi que não era nada disso (será?).

Com 50 mil na conta, não faço muita idéia do que faria, mas ao contrário do meu camarada melhor amigo do Bart, a última coisa que faria era casar (sei que vem bomba nessa parte rs).

Vão algumas opções do que poderia fazer com essa grana que ajudaria um bocado.

1) Dar entrada num apartamento.

2) Comprar um possante.

3) Investir uma parte (uns 10 mil) na bolsa.

4) Comprar um PC, um Notebook decente, uma Powershot e… acho que só.

5) Uma pós para me especializar.

6) Mas acho que, com certeza, acho que começaria a viajar o mundo e iria conhecendo tudo até onde desse. Trabalhando, aprendendo a língua do lugar e, assim que enjoasse, zarpando para um próximo destino.

Sonhos né…

Por isso que ando jogando! (frase chupinhada, logo o dono se manifesta nos comentários hehe).

Convido o Diego e mais alguém que queira se manifestar.

Amigos Virtuais.

Não, ainda não estou de volta para valer.

Mas como o Rodrigo “Milhouse” Reis me indicou na lista de seus amigos virtuais, fiquei tentado para fazer a minha .

Sem mais delongas, segue abaixo:

1)Diego Oliveira – Amigo-irmão, como poucos. Foi para longe e só ficou o msn, orkut e blog para contato. Vive dizendo que não troca o nordeste por nada, mas no fundo está com saudades de SP, pois deixou um fazend… time de segunda divisão aqui. Sua maior felicidade será ver seu time duas vezes neste ano. Esporte favorito de ambos é sacanear um ao outro.

2)Anna Ingrid – Amiga da parte de cima do mapa do Brasil, mais precisamente de Mossoró – RN. De tanto prometer que a visitaria, nem prometo mais. Amável, amiga e boazinha até demais com pessoas que não deveriam. É daquelas pessoas que, quando encontrar, serão dias de papo.

3)Viviane Pires – Cansou de declarar tudo e começou a viver do passado. Loira de personalidade forte, Vivi está no nível “Veríssimo” nos textos. E isso é sério. Possui um dos blogs mais legais da net. Não sei ainda como não monetizou e começou a viver disso.

4)Camilo – Depois que virou pai, sumiu. Gente boníssima e espero encontrar um dia para trocar idéias regadas a muita cerveja.

5)Ronnie Turrini – Outro da categoria amigo-irmão. Já fomos chefe e funcionário, sócios e agora amigos mesmo. Fui embora do Guarujá e ele se transformou em empresário L1der no segmento. Pelo menos no nome. Rs

6)Moisés Mutumutum – De Bebedouro, esse louco apareceu do nada. Viciado em concursos virou presença garantida no Lua, estabelecendo um bom nível de amizade. Espero que quando tiver concurso em SP, possamos tomar umas brejas.

7)Prof. Salatiel – Incrível como o mundo é pequeno, e injusto. Fiquei 4 anos na Unaerp e não aprendi muito sobre novas mídias, só lendo o blog desse excelente professor já superei os 4. Manja muito do assunto. Espero conhecer assim que for para o Guarujá.

8)Alexandre Bianchini – Conheci nos farnéis das corridas de Interlagos em 2006. O que manja de carro compara-se à sua paixão por Monzas. Futuro papai, é preciso comemorar a chegada do novo Bianchini ao mundo.

9)Francisco – Também conheci via blog. De opiniões fortes e com um humor peculiar, tem idéias bem-boladas de vez em quando. Quer ser publicitário, isso se a Unaerp deixar. Rs

10)Leilane – Também do Nordeste, essa jornalista de mão cheia é garantia de risadas nos bate-papos do messenger. Também desconfio que nunca vá ver ao vivo, principalmente pela paixão que possui ao RN.

11)Rodrigo “Milhouse” Reis – Nunca sei se vale citar a pessoa que te indicou, mas, enfim. Conheci no Blogcamp paulista. Gente fina até dizer chega, Estamos para tomar um chopp, desde a época do evento. Como no exemplo da Vivi, não sei se sou o furão ou se a falta de tempo é crônica.

Há mais gente, mas acho que é só para citar 10. Seja como for, está aí minha lista dos atuais amigos virtuais. Claro que o melhor é sentar e conversar ao vivo, mas devido à distância, falta de tempo e compromissos de todos, é natural que seja melhor assim.

Amanhã, texto sobre o que fazer com 50 mil Reais.

Meme – A 5ª frase, da página 161, do livro mais próximo

O Digo me convidou para este Meme faz um tempo, mas por conta das coisas que todo mundo já está careca de saber acabei não fazendo.

Mas vá lá, sem perder tempo, antes que apareça outra coisa para fazer e tenha que parar isso pela metade, vamos ver qual é o livro mais próximo…

As regras dizem para:

1) Pegar o livro mais próximo
2) Abrir na página 161
3) Procurar pela 5ª frase da página
4) Transcrever a frase para o blog
5) Indicar o livro e autor do mesmo.
6) Passar o desafio para 5 pessoas.

Há dois: A bibliografia Honda por Honda, do fundador da Honda Soichiro Honda, e Crime e Castigo, do titio Dostoiévski.

“Um casal deve poder evolui em todas as situações, chorar ou rir ao ritmo de seus próprios humores.”
Honda por Honda

“Nastássia saiu.”
Crime e Castigo

Ficou esquisito. No mínimo foi a Amazon que lançou esse Meme. Só pode.

Convido Guião, Guiga, Budrush, Dani e o Senn.

Ultimamente ninguém tem respondido, com exceção da Ingrid, mas vamos ver no que vai dar.

Ps: Convido o Diego para colocar nos comentários, só para saber o que essa peça anda lendo.

MEME – O que gostaria de ganhar no Dia das Crianças (?)

Eu sei que o Dia das Crianças passou faz anos-luz, mas esse meme que o Rodrigo Milhouse deixou em aberto eu não podia deixar passar em branco.

Faz tempo que não ganho algo que faça meus olhinhos brilharem de fato (tá, não faz tanto tempo assim) e não custa sonhar em ganhar algo que te faça feliz.

Galera o Natal está logo ali, se lembrarem de mim, são esses badulaques que vão deixar esta crianças feliz:

Notebook

Claro que não é qualquer um. Mas não tenho saco para ficar colocando a configuração, estilo, etc, etc. Pode ser um Vaio mesmo. Rs

Videogame

Outra vez tanto faz, desde que seja o PS3 ou o Wii.

Câmera Digital

Isso é sonho antigo. Mais uma vez não ligo para a marca, desde que tenha todos os recursos de última geração. Cybershot quebra um galho. Lumix também.

Fiat Brava Vermelho

Não sei qual é o meu problema com esse carro, mas ele é lindo. Se for vermelho, melhor ainda.

Acho que só isso já quebraria o galho. Não convido ninguém para este meme, pois, como já disse, a data já passou e fiz de intrometido, mas se alguém quiser continuar. Esteja à vontade.

Ps: Isso aqui, que também vi no blog do Rodrigo, também me faria muito feliz.

MEME – Você á anti-social? NÃO

A Dani Tesolin me convidou para um MEME faz quase um mês e agora que consegui responder ao tema proposto: Você é anti-social?

Não. Acho que não.

Essa é uma daquelas questões que geralmente os outros é que têm que responder por você, mas, acredito, que não sou anti-social.

Geralmente me dou bem com todos, tenho vários amigos e colegas os quais tento manter um contato razoável (que complicou um pouco depois que vim para SP) e, quando vou a ambientes desconhecidos (festas, baladas, reuniões), tento manter a descrição sem se tornar apático e insuportável, se soltando aos poucos.

Acho que é isso. Alguns dizem até que sou ‘dado’ demais, o que discordo totalmente. Rs

Intimo a continuar o MEME:

Francisco Bem Bolado
Mestre Ronnie L1der

Anna Insone Ingrid

MEME – 10 Músicas (?) para levantar o Astral

O Rodrigo Milhouse é legal mesmo. Indico ele para fazer sua listinha de músicas que “lembram aquele fio de cabelo no seu paletó para encarar sua cara embriaga num espelho de um banheiro” e ele me coloca para fazer as 10 músicas que levantam o astral.

Gente boa esse Rodrigo.

Como acredito que músicas para levantar o astral não precisam ter uma preferência, vou colocá-las conforme for lembrando daquelas que me fazem pular (ops), cantar, fazer air guitar, embromation e por aí vai.

Como meu gosto é bem eclético, segue uma lista bem fora do comum novamente.

Twist and Shout – Beatles. Essa música além de lembrar o clássico dos clássicos da Sessão da Tarde, Curtindo a Vida Adoidado, ainda faz você ficar que nem um doido gritando “Come on Come on Come on Come on baby now” que nem um louco na sala com inveja de não poder fazer que nem o Ferris no meio do desfile americano.

We Will Rock You – Queen. Fala a verdade. Quem não se empolga com essa música, acompanhando a batida com palmas, batidas no chão ou seja lá no que estiver batendo? Queen é daquelas bandas que vou lamentar não poder ver ao vivo. Show.

Jump – Van Halen. Outra que não tem como não ficar parado. O clipe é brega até o último fio de cabelo desarrumado da década de 80, mas é música para sair sem destino por aí, até acabar a gasolina do carro.

Uma Partida de Futebol – Skank. “Peraí, o cara coloca bandas históricas e agora vem com Skank?”, pois é. Até hoje, quando ouço essa música, lembro como era legal ir num estádio de futebol sem medo de voltar numa ambulância do IML.

Three Little Birds – Bob Marley. O velho Bob tem umas musiquinhas de ‘nóia’ (brincadeira), mas essa é simplesmente… alto astral ué. Simplicidade é tudo.

Born to Be Wild – Steppenwolf. Quer música para pegar estrada? Essa é a perfeita. Você se sente o próprio Peter Fonda em Easy Rider. Mais alto astral que isso, impossível.

With A Little Help From My Friends – Joe Cocker. Música que eleva o espírito, o corpo e a mente. Caso raro em que a versão é melhor que a original. Mas haja droga para atingir esse estado de perfeição.

It’s My Life – Bon Jovi. Quem disse que o Bon Jovi só sabe fazer música de corno? Engraçado que ele explica isso no começo da música. Para sair batendo no peito e lembrando que quem manda na sua vida é você. Irada.

Stairway To Heaven – Led Zeppellin. Eu sei que a letra é meio deprê, mas o ritmo, o som e o estilo são de levantar esqueleto na cova. É um dos hinos do rock. Quer mais?

Sempre Assim – Jota Quest. Para levantar o astral sem querer mudar a rotina.

Enter Sandman – Metallica. Não sei se escolhi essa música porque gosto dos gibis do Sandman e do Metallica. Mas ‘Enter Sandman’ é uma das poucas músicas de metal que me deixam bem elétrico. Air guitar na veia. rs

Chove Chuva – Jorge Ben Jor. Às vezes curto um pouco de MPB também, e quer musiquinha mais alto astral que essa do velho Ben?

Sultan of Swing – Dire Straits. Clássico do Dire Straits em que, mais uma vez, viajo tocando guitarra no ar.

Heart in Cage – The Strokes. Essa eu curto só por causa do ritmo. A letra é meio revoltada, mas o clipe é muito bom. O riff de guitarra no início é do carvalho.

Shakira – Hips Don’t Lie. Essa música é totalmente empolgante. Só de ver a Shakira no clipe, o astral vai lá em cima. Literalmente. rs

Beautiful Day – U2. O título da música diz tudo. E é U2. Precisa mais?

Não Quero Dinheiro, Só Quero Amar – Tim Maia. Para quem acha que a vida é só dinheiro e trabalho.

Cerveja – Leandro e Leonardo. Quando ouço essa música já imagino fim de semana, happy hour e cerveja num barzinho com os amigos.

Pescaria – Bruno e Marrone. Já imaginou ir para uma festa com 7 mulheres para cada homem, ainda mais se livrando da opressão da patroa em casa? Música para esses momentos.

Tenho Novo – Sidney Magal. Essa dispensa apresentações. A dancinha, o ritmo e a Débora Falabella no clipe levanta a moral até de um russo.

Eram para ser dez, mas ficou esse monte aí em cima. Depois coloco os links que faltam. Já está tudo ok. Está na hora de descer a serra ouvindo Born to be Wiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiild.

Bom feriado para todos.

PS: Passo a continuação do MEME para a Ingrid, Salatiel, Francisco, Cláudio e Marina. Adendo para o Guião, turma do NoBoteco e o Budrush.

MEME – As 10 Melhores Músicas de Dor-de-Cotovelo

Memes são correntes populares que, num primeiro momento, atormentam a blogosfera e causam stress em alguns.

Bobagem, apesar do nome “alegre” (pô, não tinha outro nome. MEME é estranho demais) gosto das listas geradas pelos temas propostos.

Por falta de assunto e com preguiça de desenvolver os temas de sempre do blog, resolvi lançar um desafio e propor um Meme para alguns blogs que saberão disseminar, caso interesse, esse assunto tão interessante quanto fútil.

Tive a idéia depois que a vizinha resolveu colocar o som no último volume e ouvir aquelas músicas que, particularmente, não suporto.

Para quem quiser saber o que é MEME, entre aqui.

Então, está lançado o desafio das 10 melhores músicas de dor-de-cotovelo (corno) que você sabe que é ruim, mas sempre ouve cantarolando… e gosta.

Segue minha lista:

10) Convite de Casamento – Gian e Giovani. Caracas. Essa música é a mais loser possível, mas sempre que ouço imagino a cena e lembro de uma antiga paixão que não corri atrás. Trash total.

09) Depois do Prazer – Só para Contrariar. “Tô fazendo amor, com outra pessoa…” Sim, tive uma fase pagodeira e essa introdução enchia o saco na época. Todos temos um passado negro, não é? Pior que sempre me pego cantando essa praga quando rola no rádio.

08) Iris – Go Go Dolls. Tema do filme Cidade dos Anjos, essa música bebe da mesma fonte da composição de Gian e Giovani. Meu irmão sempre tira sarro, pois todas as gravações que fazia em CD ela entrava, juntamente com…

07) Hotel California – Eagles. Maior sucesso da história da banda de uma música só. Ouvia essa música e me imaginava no bendito Hotel da música. Quando me dou por conta, estou lá cantando “Welcome to the Hotel California”.

06) Always – Bon Jovi. Uma música que fala sobre o Romeo que a abandonou e se arrependeu da merda que fez. Depois fica dizendo que nunca a esquecerá. Sucesso absoluto quando tocava no SBT esse disco do velho Jon antes de entrar a programação do canal do tio Silvio. Pior que eu ouvia isso todo dia de manhã, antes de ir para a escola. Viciei.

05) Dormi na Praça – Bruno e Marrone. “Seu guarda eu não sou vagabundo, não sou delinqüente, sou um cara carente. Eu durmi (sic) na praça pensando nelaaaaaa”. Incrível, mas essa música também me remete a alguns acontecimentos pessoais. Nenhum guarda me acordou, mas já dormi numa praça por conta de uma desgraça amorosa.

04) Do seu Lado – Jota Quest. Essa também tem a ver com lembranças. Por sorte, alegres. Músiquinha sem compromissos e que, sim, canto até botar os pulmões para fora. Sem ninguém vendo, é claro.

03) Love of my Life – Queen. Reza uma lenda caseira que, quando eu tinha entre 3 ou 4 anos, chorava quando ouvia essa música. Sei lá, minha mãe é cheia dessas coisas e eu não lembro de nada. É verdade que toda vez que ouço essa música ela mexe comigo. E Queen é Queen, não é verdade?

02) November Rain – Guns N’ Roses. Um dos clipes mais caros da história e a música mais dor de cotovelo que já ouvi. O cara endeusa e corre atrás da mulher a música inteira, para depois, que não arruma nada, esnobá-la. Foda que adoro essa música, melodia, entre outras coisas que só essa música lembra.

01) Still Loving You – Scorpions. Um dos hinos dos bovinos de plantão. Metal farofa ao extremo. Essa é aquela que tenho o DVD, coloco essa faixa e fico lá “Still loviiing youuuuuuuuuuuu”. Na letra, o cara quer a mulher de qualquer jeito e não desgruda, fica lá tentando, tentando… Não tenho lembranças ou coisa parecida ligada a essa música, mas está no primeiro posto simplesmente porque gosto mesmo. O solo, a melodia e… a letra são irados. Os caras mandam bem demais.

Se pudesse colocava aqui uma lista de 50, mas cheguei a essa lista eclética que resume bem o tema proposto. Vale uma menção honrosa para I’Il Be There for You, também do Bon Jovi, One, do U2, Wind of Change, também do Scorpions, Pense em Mim, do Leandro e Leonardo e Girassol, do IRA!.

Seleciono para continuar a brincadeira Salatiel (Laranja Mecânica), Anna Ingrid (Caderno Insone), Camilo (Tudojuntomesmo II), Viviane (Tudo a Declarar), Dani (Relaxei Demais), Ian (Enloucrescendo) e Rodrigo (Milhouse).

Selecionei sete porque gosto do número e também para agregar o maior número de pessoas que julgo que possuem gostos e preferências totalmente diferentes.

Mãos à obra!