Blogagem Coletiva para o Consumo Consciente

A Sam Shiraishi me convidou para uma blogagem coletiva com o tema sobre Consumo Consciente.

Confesso que fiquei lisonjeado com o convite, ainda mais em tempos de falta de ânimo para escrever e atualizar o blog, ganhando um motivo para falar sobre uma coisa bacana.

Infelizmente, estouraram uns pepinos para resolver (vai 2008, vai para o inferno logo) e acabei atrasando o post, achando até que não teria tempo para fazer o texto.

Como promessa é dívida, cá estou eu para falar sobre Consumo Consciente e Desenvolvimento Sustentável, um assunto que, reconheço, não domino, mas que vou tentar espairecer o que acho, com pitacos, no mínimo, relevantes.

Continue reading

Síndrome da Segunda-Feira

Por Leandro Garcia

Talvez você não conheça por este nome, talvez você conheça como Síndrome do Boa Noite do Fantástico, etc., mas duvido que você nunca tenha sentido isso, ou sente.

Você já se perguntou, Por que suas segundas-feiras costumam ser longas e chatas (não estou falando do seu companheiro de trabalho que é alto e foi apelidado de segunda-feira)? Ou por que é o dia típico para você se atrasar ou por que você sente vontade de chutar tudo e ir vender côco na praia?

Te respondo, você está mal-empregado.

Não é mal-empregado apenas no sentido financeiro, mas no sentido psicológico.

Você pode ter um excelente salário, viajar pela empresa, trabalhar perto de sua casa, benefícios, pode ter diversos outros itens que a sociedade julga ser requisitos ideais para avaliar se você está bem empregado, mas, mesmo com tudo isso, você, ao acordar no domingo, sofre ao pensar que amanhã é segunda.

Continue reading

Entendendo a crise mundial

Um artigo publicado no jornal alemão Der Spiegel, intitulado “Estados Unidos da América: o país onde o fracasso é recompensado” e traduzido e republicado no Uol, mostra exatamente o que penso sobre essa atual crise que, infelizmente, estamos tendo que pagar o pato.

O artigo é grande (europeu gosta de ler) mas vale a pena ler linha por linha e entender porque uma hora o mundo ia para o vinagre e americano é um povo deveras, filhodaputa.
Continue reading

Papo Animado #3 e #4

Bem, por conta de meus problemas de saúde, acabei não participando e produzindo a terceira coluna do Papo Animado, mas, por conta de minha rápida recuperação, a quarta coluna já está no ar.

A nova coluna fala sobre o surgimento do primeiro desenho animado colorido, além de contar a origem de Pica-Pau, Pernalonga e Tom & Jerry.

Também há algumas curiosidades, como o bolo que Walt Disney deu em William Hanna e Joseph Barbera, e também a rejeição do chefe de Walter Lantz em relação ao Pica-Pau.

Só acessar o Ato ou Efeito e conferir lá.

Papo Animado #2

A segunda coluna do Papo Animado já está no ar no Ato ou Efeito.

Continuando a história dos desenhos animados, agora entrando na era da sonorização própria nas animações.

Com um destaque especial para Gato Félix, Mickey, Betty Boop e Popeye.

Leiam lá, comentem lá, comentem aqui.

Enfim, não importa onde comentem, mas leiam.

Conheça o Papo Animado no AoE

Enfim, finalmente estreei como colunista do Ato ou Efeito.

Se bem que isso não significa nada e, como acho que tudo tem que ter um começo, meio e ad eternum, achei que o texto tinha que ser bem histórico, mesmo ficando meio cansativo.

Enfim, a minha opinião não vale nada, mas a de vocês sim.

Visitem o Ato ou Efeito, leiam e digam o que acharam.

Seja lá, seja aqui.

Conheça o Blog do Bonilha experimental

São Paulo

Pois é, enquanto vocês acham que o Lua abandonou o barco, ou não anda com tempo para atualizar o blog, fiquem sabendo que apenas a segunda opção está correta.

Daqui a pouco estou embarcando para Recife cumprindo o penúltimo capítulo de um trabalho complicado e desgastoso, que ao final deverá revelar mais uma mudança radical em minha vida. Ou não.

Enquanto isso, tento concluir um curso de quatro semanas sobre Jornalismo 2.0, do Knight Center For Journalism in the Americas que, por conta de uma atividade, fez nascer mais um blog deste que vos escreve, o Blog do Bonilha (criativo, não?).

Enfim, algumas atividades são desenvolvidas e postadas lá, caso queiram ver como analiso alguns temas a sério, dêem um pulinho lá e deixem um comentário.

De repente, até vira mais uma cria do Lua, mas como Marcos Bonilha.

Abraços e amanhã estarei na Praia da Boa Viagem.

O que fazer?

Acesso vários sites e blogs para me divertir, ler, informar ou, simplesmente, para ver bizarrices do mundo cão. Claro que algumas coisas eu separo e indico para todo mundo acessar e dar uma olhada.

Bem, o problema é que às vezes salvo só o link do site e acabo esquecendo onde achei a matéria-bizarrice-informação-blabla. Por conta disso, também fiquei com uma dúvida. Afinal, a gente cita a fonte de onde está a informação e o que indicou, ou apenas o site?

Agora encuquei. Continuarei citando os dois e, caso esqueça, apenas o local da informação. Nesse caso, se alguém souber onde estava a referência, me avise que arrumo aqui.

Só não faço (e repudio) reproduzir todo o conteúdo e dar a fonte lá no rodapé da página. Embora há alguns que nem isso fazem.