Dengue Amarela

Interessante essa notícia sobre uma possível “guerra” entre a Dengue e a Febre Amarela.

Pelo que entendi, a Febre Amarela não está se alastrando porque o vírus da Dengue está monopolizando os pernilongos do Aedes e não deixa o colega amarelo entrar em seu hospedeiro para fazer algumas vítimas por aí e tacar o terror pelas cidades.

Interessante… e preocupante.

Pensem só, o que o governo deveria fazer e que sobrou para – vejam bem e acompanhem o raciocínio – um vírus que já é altamente perigoso é controlar uma epidemia de uma doença que, em 10% dos casos, matam a pessoa infectada. Como a dengue, mata 1 em cada 1000, ou seja: Febre Amarela = 100 a cada 1000. Dengue = 1 a cada 1000.

Estatísticas são interessantes, mas não para quem é “sorteado” e acaba entrando nas estatísticas.

Eu já tive dengue e, sinceramente, é uma doencinha FDP. É como se fosse uma supergripe que te faz desejar a morte a cada momento de sua existência, só para se livrar daquelas dores e mal-estar. Não sei como são os sintomas da Febre Amarela – e nem quero – mas pelo jeito e, pelas estatísticas, também é uma doencinha bem fudida.

O que ocorre é que o controle de uma doença está nas mãos de uma das máximas do capitalismo, que é a livre concorrência. Para a nossa sorte (ou não), está ganhando a menos pior.

Mas, e sempre há um mas nisso, há outros fatores que podem mostrar que a situação pode piorar, e muito, se não encararem isso como deveria.

Um deles é o fato da dengue possuir quatro tipos de vírus diferentes, sendo que 2 são comuns nas cidades, um terceiro – que era comum nos matos do Norte e Nordeste – está quase se familiarizando com a população e, o quarto, é mais comum na África, mas que já há relatos dele, em casos isolados, por aqui. Só para lembrar, coisas como essas vindas da África, Rússia e Espanha, costumam dar numa merda dos diabos.

Quem é contaminado por um tipo de vírus, logo se torna imune a ele e não fica doente novamente. Ao contrário do que todo mundo imagina, a dengue hemorrágica (responsável pelo “1” dos 1000) não é contraída ao se contaminar com outro tipo de vírus. Ela se desenvolve se a imunidade do cidadão estiver muito baixa. As pessoas relacionam um fato ao outro porque numa epidemia de dengue, geralmente o cidadão mal se recuperou de um tipo e já contrai o outro, como a imunidade com certeza estará baixa, então bau-bau. Mas se o cara estiver se recuperando de uma gripe ou virose, pode apostar que, mesmo ele se contaminando pela primeira vez, as chances da doença virar dengue hemorrágica serão enormes, principalmente se ele achar que a gripe ainda não sarou e se medicar com algo a base de ácido acetilsalicílico (popular aspirina).

Resumindo, se ninguém tomar uma atitude, a dengue pode se tornar tão perigosa, quanto a Febre Amarela.

Outro fator é o fato das duas doenças serem causadas por vírus.

Todo mundo sabe que vírus são mutantes e se adaptam de acordo com as suas necessidades, que o diga o HIV e o Influenza. Já pensou se os dois, nessas mutações, se fundem?

O que sairia? A Dengue amarela ou a Febre dengosa?

Agora imaginem só, nessa “guerra” entre os dois para ver quem usará o bombardeio Aedes, se eles resolvem entrar num “acordo de paz” e convivam pacificamente entre si. Teríamos um mosquito “Total Flex” que transmite duas doenças de uma vez.

Nas duas hipóteses não faço questão de imaginar o estrago que poderia causar.

Não sou médico infectologista, biólogo, cientista ou qualquer coisa que seja, só estou tendo uns devaneios com algo que, aí sim, sei que poderá trazer um sério risco para a saúde pública e causar um estrago do caralho monumental.

Seja como for, é bom alguma autoridade tomar vergonha na cara e começar a combater esses mosquitos como se deve.

Agora, se preferir ver quem ganhará essa guerra entre vírus, é melhor colocar as barbas de molho, de preferência em água parada, para facilitar o trabalho dos Aedes.

Ps: Sei que foi uma viajada, mas, enfim, alguém tem que falar alguma coisa, né.

Ps: Sim, os mosquitinhos foram kibados. Literalmente rs.

Veja fotos bloqueadas no orkut

Momento altruísta.

Você queria ver as fotos daquela gostosinha que você viu no perfil da sua prima e, por obras do maldito Google, você encontrou um cadeado?

Seus problemas acabaram A solução está aqui.

Como o orkut é o lugar que contém mais erros de segurança, não demorou muito para algum onanista desocupado de plantão achasse uma maneira de resolver este problema.

Quebre o cadeado e aproveite enquanto não resolvem o bug.

Corinthians na série B em 2008

Estou bêbado, muito louco e em estado de êxtase!

É o dia esportivo mais feliz desse ano!

Nunca imaginei que viria o timinho na segunda divisão e, finalmente, essa porcaria foi para o lugar que merece.

Estou rouco e sem muita noção do que estou escrevendo.

Amanhã escrevo algo mais sucinto.

Por enquanto, só comemoração!!!!!

CORINTHIANS NA SEGUNDONA EM 2008!

Para todos até amanhã, para os sofredores até SEGUNDA! AHAHAHAHAHAHAHA

Bolão do Brasileirão 2007 – Resultados 34ª Rodada

É fogo. Sei que sou pé-frio mas insisto no erro. Cego pela raiva fiz todos os palpites em cima do rebaixamento do Corinthians e ferrando com o Flamengo. E o que acontece?

Tirando o timinho que perdeu, todos os adversários do urubu perderam, e os do gambá também.

Custou a virada do Franklin, que abriu 10 pontos de vantagem faltando 4 rodadas.
Definitivamente estou ferrado.

Seguem os resultados:

Figueirense 2 x 0 Fluminense. 0X2. Arda no inferno Figueirense!

Atlético-PR 1 x 1 Grêmio. 2X0. Grêmio vacilou demais, que se ferre também.

Atlético-MG 1 x 0 Paraná Clube. 0X0. O Paraná entrando na briga para escapar.

São Paulo 4 x 0 América-RN. 3X0. Eu e meu exagero. Mesmo assim é PENTA!!!!!!!!!

Flamengo 5 x 1 Corinthians. 2X1. Pelo menos acertei a virada.

Náutico-PE 2 x 0 Santos. 1X2. Acosta pipoqueiro. Que o Náutico arda no inferno também.

Goiás 1 x 0 Vasco. 2X3. Será que não podiam derrubar uns, sei lá, oito times?

Botafogo 1 x 2 Cruzeiro. 4X1. Agora sim, já era o Cruzeiro na Libertadores

Palmeiras 2 x 0 Juventude. 0X1. Sem comentários.

Internacional 1 x 2 Sport. 0X0. Sport e Inter fizeram jogo de compadres.

Só faltou a caipirinha

Interessante a apresentação da Willians para o GP do Brasil.

Apesar de estereotipada (Amazonas, Futebos, Carnaval, Onça pintada, etc.) o preview é bem legal e com uma ótima demonstração gráfica do autódromo de Interlagos.

Reparem nos depoimentos-clichê dos pilotos Nico Rosberg e Alexander Wurz, que inclusive, nem corre em São Paulo.

Vale uma olhada.

Fonte: Blog do Fabio Seixas