30 coisas para fazer antes dos 30

Vi isso num blog, salvei, mas esqueci de salvar o link do blog, como é um Meme, acho que não tem problema.

Faz tempo que não faço uma listinha idiota dessas, legal é que a ideia é riscar os que já fez e, de preferência, fazer um comentário.

Veja como ficou o meu:

1) Ficar absurdamente bêbado pelo menos 1 vez na vida.
Rá, fácil, acho que esse ano que ainda não fiquei…

2) Encontrar alguém da Net.
Fácil também, encontrei maior galera ontem, por exemplo. Só não encontrei ainda quem gostaria de encontrar.

3) Agarrar um amor platônico.
Sem comentários esse, pelo jeito ficará sem risco…

4) Se apaixonar à primeira vista
Acho que isso acontece todo dia…

5) Roubar a namorada de alguém.
Nem tenho interesse, tanta mulher solteira.

6) Roubar chocolate nas lojas Americanas.
Americanas, Pão de Açúcar, Barateiro, Jumbo, Peralta…

7) Ir para balada de ônibus.
Rá, sempre! Coloca metrô e trem aí também.

8- Subir num palco e dançar igual louco.
Yeah, Rock ‘n Roll!

9) Transar num lugar público.
Redação de jornal com câmera de segurança vale?

10) Fingir ser estrangeiro e falar um idioma que não existe.
Já fingi ser estrangeiro, mas falei portunhol.

11) Pintar o cabelo de uma cor absurda.
Nunca pintei meu cabelo, mas minha mãe cortou ele me deixando com a cara do Pica Pau.

12) Fazer uma Tatoo.
Nem tenho vontade.

13) Ter o melhor sexo da sua vida com uma idiota.
Nenhuma foi idiota, talvez o idiota tenha sido eu.

14) Ir a um show de rock e ficar gritando: ‘CANTA PAGODE’.
Ah, ideia de gerico. Mas já fiz o contrário.

15) Voltar da balada e dormir com a roupa que saiu.
Ahahahaha, a última bebedeira teve esse resultado, de tênis e tudo.

16) Se jogar na piscina de roupa.
Fácil! Já pulei e fui jogado nessas condições.

17) Fugir de casa para sempre e voltar no outro dia.
Hehehe, coisa de moleque. Já fiz também.

18) Ir numa boate gay.
Nem tenho vontade ou curiosidade.

19) Passar uma semana à base de sorvete e chocolate
Depois passei uma semana à base de soro e piriri.

20) Tomar banho de praia à noite.
Morei 15 anos na praia, se não tivesse ido à praia à noite seria um baita mané.

21) Ter um peixe e conversar com ele.
Ahahah, falo com eles todos os dias. Eles respondem e mandam beijos.

22) Encontrar um ídolo.
Veríssimo e Chico Anysio.

23) Sacanear um desconhecido.
Isso é sacanagem, mas é um prazer deliciosamente diabólico.

24) Chorar vendo um desenho.
Putz, isso acontece sempre.

25) Compor uma música.
Faço sempre também, na base do improviso.

26) Viajar sozinho.
Não é lá muito legal, mas você conhece melhor o lugar e se conhece também.

27) Chorar de tanto rir.
Também acontece com frequência. Sou bobo, fazer o quê.

28) Jogar uma bomba no vizinho.
Eu era praticamente um terrorista em épocas de festas juninas e fins de ano. Pior que minha mãe ajudava (e deve fazer isso até hoje).

29) Encontrar um amor.

30) dizer EU TE AMO!

Quem curtiu, pode colocar os seus nos comentários ou fazer um post e me falar que linko aqui.

Júlia e Gabriel são os nomes mais comuns em SP

Pelo menos em São Paulo e na geração que está por vir.

Segundo esta reportagem, Vitória, variantes de Gabriel – Gabriele, Gabriela, etc – Pedro e Ana e João, serão os nomes comuns do futuro.

Achei interessante a parte do levantamento que diz sobre os nomes da moda, que variam de acordo com o momento ou visita de algum astro pop ao país.

Logo, posso imaginar que esse ano nasceram e nascerão vários Bruces, Clôs, Steves, Eltons, entre outros famosos.

Ainda assim, os apóstolos Pedro, José e João, além da Maria, se garantem entre os top 10 do país, mas só se levar em consideração nomes compostos, como Maria Eduarda, José Carlos ou Pedro Henrique.

Segue o ranking paulista:

Continue reading