Um feriado de Chevy Chase – parte III

Sábado – 01/01/11

E estamos de volta!

Logo que deu meia-noite, nos primeiros minutos de 2011 calhou a desabar o mundo (aka chuva) em Praia Grande. Sem muito o que fazer além de se embebedar resolvemos montar o Wii e jogar.

Colocamos os jogos de dança, os quais arrebento (mentira, só sei mexer o controle direito). Meu primo, putinho porque não gosta, foi dormir. Depois de um tempo fomos também.

Lógico que meu priminho, uma criança cheia de energia para gastar, não ia deixar barato. E, em meio a roncos, pirralho te pisando e muito, mas muito calor, ninguém dormiu direito.

Na “manhã” seguinte, por volta do 12:30 quando todo mundo acordou, resolvemos jogar tudo que tinha direito, já que ainda chovia para cacete e não tinha muito o que fazer além de se embebedar e jogar.

Obviamente que, em todos os jogos que colocamos, eu perdi. Resolvemos ir até Mongaguá, Lu, Carlos e eu, visitar a família da Lú que estava lá. Claro que tinha muito trânsito, muita chuva e muito turista estressado. Pior, ainda fazia um friozinho chato.

Parte legal disso tudo, durante a visita, forams os comentários do Carlos e os meus enquanto a presidenta Dilma subia a rampa. Sério, as emissoras estão perdendo tempo com esses “humoristas” de hoje.

Visita feita, hora de voltar. Mais uma vez, muita chuva, trânsito e estresse. Turista na praia em dia de chuva é engraçado, fica que nem barata tonta, sem ter para onde ir e perdido. Foda que eles enchem o saco seja lá para que lado forem.

Como sou muito do “esperto”, resolvi comprar a passagem antecipada para voltar para SP. Por causa da chuva, muita gente resolveu retornar para SP. Logo, a rodoviária de Praia Grande parecia o inferno na terra de tanta gente feia e mal-educada reunida. Desisti e deixei para o dia seguinte. Erro fatal.

Com muita chuva e o tempo e turistas impedindo de sair para tomar ou fazer alguma coisa, decidimos voltar para minha tia.

Chegando lá, todo mundo já tinha jogado tudo que tinha direito. Resolvemos entrar na brincadeira e, claro, tomei outra surra no videogame. Ficamos nessa até umas duas da manhã. Quer dizer, ficaram, eu saí antes, pois já tinha sido eliminado em algum jogo que não lembro agora. Zoaram pouco, ainda mais que sou o dono da “bola”.

Fui dormir prometendo vingança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *